Marque a sua Consulta

Em tempos onde uma pandemia de Coronavírus assola todo mundo, alterando a rotina de todos nós por conta do distanciamento social, é natural que muitas dúvidas surjam.

Nesse texto, nós vamos explicar se existe alguma relação entre endometriose e coronavírus. Também vamos falar de Covid-19 na gravidez e formas de se proteger. Ao procurar informações na internet, dê preferência para fontes confiáveis, cuja reputação e idoneidade possam ser validadas. Evite espalhar fake News!

 

Existe associação entre Coronavírus e endometriose?

Apesar da endometriose ser considerada uma doença crônica, não há nenhuma evidência que aponte que as portadoras, caso sejam infectadas pelo Coronavírus, possam apresentar quadros mais graves.

Nesse contexto, vale a menção de que a comunidade médica se debruça na discussão de que a endometriose pode ser uma doença autoimune, o que debilitaria o sistema imunológico da paciente, mas ainda não se chegou a qualquer conclusão sobre esse tema.

Dessa maneira, conclui-se que as evidências que existem até o momento são insuficientes no que tange a inclusão de portadoras de endometriose no grupo de risco da Covid-19.

É válido ressaltar que, as orientações dadas pelas autoridades de saúde podem mudar a qualquer momento, à medida em que novas descobertas são realizadas. Como trata-se de um vírus novo, toda a comunidade científica está empenhada em estudá-lo e identificar tratamentos e vacinas capazes de conter a ação do Coronavírus.

 

Coronavírus e gravidez: o que eu preciso saber?

Da mesma maneira, ainda não há um consenso na comunidade médica sobre os efeitos da Covid-19 em mulheres gestantes. Mas até o momento, não há relatos de transmissão vertical – ou seja, de que o feto pode adquirir o vírus da mãe.

Pesquisadores da Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong, na China, acompanharam quatro parturientes com Covid-19. Não houve complicações no parto e três dos bebês foram testados negativos para a doença.

Para as mulheres que estão amamentando e foram diagnosticadas com o vírus, a recomendação é que não deixem de fazê-lo, mas usem máscara durante esse processo.

 

Como se proteger do novo Coronavírus?

A recomendação essencial para quem quer se proteger do novo coronavírus é seguir as orientações dadas por autoridades da área de saúde. A primeira delas é fazer uma higienização correta das mãos, lavando bem, entre os dedos e unhas com água e sabão.

Se puder, evite usar anéis e até mesmo a aliança para facilitar esse processo. O álcool em gel a 70% também é um aliado no combate ao coronavírus.

Ao tossir ou espirrar, cubra a boca com o cotovelo, a fim de evitar que gotículas – que podem estar contaminadas – possam se espalhar. A vacinação contra o Influenza, apesar de não proteger contra a Covid19, também ajuda na triagem dos sintomas.

Por último, é válido reforçar a necessidade do distanciamento social, para diminuir a velocidade de contágio e dessa maneira, permitir que os Sistemas de Saúde (público e privado) possam se equipar adequadamente para atender aos casos confirmados, especialmente os mais complexos. Essa é uma medida protetiva para evitar um colapso.

Antes de me despedir, reitero meu conselho para que tenham cautela ao compartilhar qualquer informação antes de checar sua autenticidade. Obedeça somente as orientações de autoridades de saúde. Fiquem bem e, se puderem, fiquem em casa.

Um abraço do doutor Marcos Travessa e de toda a equipe do Centro de Endometriose da Bahia. Continue contando conosco neste momento!

Receba dicas para
cuidar da sua saúde