Por que o apoio familiar para pacientes com endometriose é tão importante?

Doença crônica que acomete principalmente mulheres em idade fértil, a endometriose traz muitos incômodos a paciente, sentidos com mais frequência durante o período menstrual.

Basicamente, a doença se manifesta quando fragmentos do endométrio – tecido que reveste o útero – deixam de ser expelidos pela menstruação para serem transportados para outras regiões do corpo.

No post de hoje, você vai entender porque o apoio familiar para pacientes com endometriose é tão importante para o sucesso do tratamento quanto a assistência de uma equipe médica especializada.

Por que a endometriose se torna um pesadelo para a paciente?

Vários são os fatores que transformam a endometriose em um autêntico pesadelo para as portadoras, afetando a sua qualidade de vida. Tendo em vista a demora na confirmação do diagnóstico – em média, sete anos e meio – as pacientes podem passar anos em meio a incerteza, sofrendo com a manifestação dos sintomas.

Além disso, dependendo da extensão e da gravidade das lesões, a intensidade da dor pode ser tão grande a ponto de favorecer uma condição incapacitante. Como conseguir realizar suas atividades cotidianas quando mal há condições para permanecer em pé?

Isso sem falar na possibilidade de a doença destruir aquele que pode ser o maior sonho na vida de algumas mulheres: o de se tornar mãe. Muitas só começam a se dar conta de que algo mais grave pode estar acontecendo depois de inúmeras tentativas frustradas para engravidar.

De que maneira esse quadro afeta a mulher psicologicamente?

Em meio a este cenário, é natural que as mulheres fiquem psicologicamente abaladas. Afinal de contas, tomadas por dores e angústias, o seu desempenho no trabalho e na escola tende a ficar comprometido.

A convivência com o cônjuge também tende a ser afetada: o casamento pode entrar em crise, pois, além da instabilidade emocional – costumam ocorrer acessos de raiva ou picos de irritação – o ato sexual pode se tornar um grande incômodo.

Em situações nas quais está mais fragilizado, é natural do ser humano buscar um porto seguro, alguém com quem possa compartilhar suas aflições. Nessa hora, o apoio familiar para pacientes com endometriose pode fazer toda a diferença.

Como os familiares devem reagir nesse momento?

Para ajudar as portadoras de endometriose a superar este momento, todas as pessoas com as quais a mulher convive, especialmente a família, precisarão ter muita sensibilidade.

Tão logo sejam procuradas, é muito importante que haja a demonstração de solidariedade e empatia: o ideal é que elas se coloquem no lugar da paciente, jamais menosprezando as manifestações dos sintomas. Ainda que não possuam o conhecimento técnico, o ouvinte deve agir como um legítimo ombro amigo.

Igualmente importante é encorajar a portadora de endometriose a prosseguir com o tratamento, independentemente do método escolhido pelo especialista. Uma palavra de carinho pode ser determinante para moldar o comportamento da paciente.

Do mesmo modo, é muito importante que seja construída uma relação de extrema confiança entre a paciente e a equipe responsável pelo tratamento. Enquanto o médico deve alertar a mulher sobre os riscos e implicações de todos os procedimentos executados, de modo que sejam sanadas todas as dúvidas.

Se você é parente ou conhece uma mulher que vive esse problema, faça a sua parte e forneça o apoio familiar para pacientes com endometriose. Curta a nossa página no Facebook para receber mais orientações relevantes como essa!

Desde a vida acadêmica, acompanhando Dr. Antonio Travessa – referência em Cirurgia ginecológica – Dr. Marcos Travessa desenvolveu especial interesse pelo Tratamento cirúrgico avançado de patologias ginecológicas. Sempre buscando o aperfeiçoamento da técnica cirúrgica, após sua formação ginecológica, especializou-se em cirurgia geral, momento que teve contato com a cirurgia videolaparoscópica. A partir desse instante, dedicou-se a especializar-se, dia a dia, no tratamento cirúrgico pela via videolaparoscópica, no intuito de e atenuar o sofrimento de mulheres portadoras de endometriose severa, mioma, adenomiose dentre outras doenças, utilizando tecnologia avançada na cirurgia.

Deixe seu comentário