Marque a sua Consulta

05/05/2018

A nutrição no tratamento para endometriose

Se você tem endometriose é importante considerar sua dieta e estilo de vida para combater essa condição. O que você come afeta como se sente, e os especialistas acreditam que seguir certos princípios dietéticos pode ajudar a aliviar os sintomas da endometriose.

Dieta para quem tem endometriose

Embora ainda faltem mais pesquisas a respeito do impacto nutricional sobre a endometriose, acredita-se que seguiruma dieta equilibrada e nutritiva incluindo alimentos anti-inflamatórios é benéfico. Alguns alimentos podem ajudar a controlar naturalmente os hormônios, que desempenham um papel fundamental nos sintomas da endometriose. Certos alimentos também podem ter um efeito negativo, desencadeando sintomas.

Bem como aliviar os sintomas, melhorar sua dieta pode impulsionar seu sistema imunológico e fornecer uma medida preventiva para a saúde em geral, não apenas para a endometriose.

Recomenda-se que consulte um profissional devidamente qualificado para aconselhamento nutricional, mas, caso precise começar já uma dieta melhor para o seu organismo, em uma visão geral de quais alimentos incluir e limitar em uma dieta contra a endometriose, veja algumas dicas abaixo.

O que incluir:

Fibras

A fibra solúvel auxilia a digestão. Ela faz isso por conexão a qualquer excesso de estrogênio e inibição da reabsorção. Por isso, os pacientes são encorajados a consumir 24 gramas de fibra por dia. Os principais alimentos que são ricos em fibras incluem:

  • Maçãs
  • Peras
  • Ameixas
  • Feijões
  • Lentilhas
  • Ervilhas
  • Quinoa
  • Alimentos de grãos inteiros
  • Aveia
  • Nozes
  • Frutas cítricas
  • Sementes de chia
  • Sementes de linhaça
  • Ferro

Ter um fígado saudável é importante para o bom equilíbrio hormonal. Isso ocorre porque o fígado desintoxica produtos químicos e resíduos, incluindo excesso de hormônios. Um suprimento adequado de vitaminas e minerais, particularmente vitaminas B e antioxidantes, é, portanto, importante incluir em uma dieta para endometriose. Tal dieta apoiará o fígado em funcionamento, bem como aspectos de apoio para a saúde geral, como o sistema imunológico.

Os ácidos graxos também são aliados ao combate da doença, pois possuem efeito anti-inflamatório, reduzindo a inflamação causada pelo acúmulo de tecido endométrio nos órgãos e, consequentemente, aliviando as fortes dores. Sementes como a linhaça (apesar de conter estrogênio) e a chia, por exemplo, são ricas em ômega 3 e 6, que são ácidos graxos importantes para o organismo. Confira outros alimentos abaixo:

Ácidos graxos

  • Sementes de chia
  • Sementes de linhaça
  • Peixe oleoso
  • Sementes de abóbora
  • Nozes

O que limitar?

Além de incluir todos os tipos de alimentos descritos acima, você poderia se beneficiar ao limitar quaisquer alimentos desencadeantes. Estes são os alimentos que podem desencadear ou agravar a condição da endometriose.

Alimentos processados

Alguns alimentos processados podem conter certos aditivos e conservantes que podem contribuir para a inflamação em algumas pessoas. Eles também podem ser ricos em gorduras saturadas ou processadas que podem auxiliar a produção de prostaglandinas inflamatórias, enquanto potencialmente oferecem pouco em termos de valor nutricional.

Tente evitar ou reduzir o seguinte:

  • Refeições embaladas/pré-preparadas e lanches
  • Refrigerantes
  • Comidas fritas
  • Carnes defumadas e processadas
  • Farinha branca e grãos refinados
  • Alimentos açucarados.

Glúten

A ligação entre os dois é desconhecida, mas pensa-se que uma sensibilidade ao glúten pode desencadear sintomas intestinais que podem, então, aumentar os níveis de dor. Se você suspeitar de uma resposta negativa a alimentos contendo glúten, tente limitar sua ingestão e comer opções alimentares naturais sem glúten, como arroz integral,quinoa e batata-doce.

Laticínios

Os produtos lácteos gordos são relativamente ricos em gorduras saturadas e podem, portanto, contribuir para a inflamação.

Escolha opções de baixo teor de gordura, como iogurtes e leite, e ainda se beneficiedestes alimentos como uma fonte de cálcio, mas é recomendável limitar a ingestão de queijo a quantidades moderadas.

Ponha os alimentos da primeira parte deste artigo em sua dieta e corte, ou modere, nos alimentos da parte final, e veja sua condição melhorar consideravelmente.

#MaisLidas

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

Receba dicas para
cuidar da sua saúde