Marque a sua Consulta

23/11/2018

Salvador ganha primeiro Centro de endometriose da Bahia

A endometriose acomete cerca de 15% das mulheres brasileiras em idade fértil – entre 13 e 49 anos – no país. A doença que muitas vezes fica escondida atrás de uma cólica menstrual intensa pode trazer graves problemas e precisa ser acompanhada de perto por especialistas. “A patologia tem alta incidência e a Bahia está carente deste tipo de atendimento. As mulheres precisam ser amparadas do ponto de vista físico e até emocional. E no Centro vamos oferecer todo este suporte”, explica Dr. Marcos Travessa, médico cirurgião ginecológico e diretor médico do Centro de endometriose da Bahia.

O projeto pioneiro no estado será um aliado das mulheres que convivem com a doença. O Centro vai oferecer um atendimento personalizado para identificar o problema de forma individual e tratá-lo de maneira humanizada.

Com o suporte de uma equipe completa e especializada será possível fazer um diagnóstico preciso e oferecer um tratamento avançado. “A complexidade da patologia exige que a paciente seja acompanhada por uma equipe multidisciplinar. E este trabalho em conjunto ajuda a trazer resultados mais exitosos para estas mulheres”, afirma Travessa.

A unidade foi lançada durante o I Simpósio do Centro de endometriose da Bahia, realizado na noite desta quarta-feira (08/11), em Salvador. O evento contou com a presença do Dr. Cláudio Crispi, referência mundial no acompanhamento de pacientes com endometriose e presidente do Instituto Crispi de cirurgias minimamente invasivas. “As mulheres que sofrem com essa patologia carecem de entendimento. Elas precisam ser escutadas e reconhecidas. A falta de compreensão e tratamento podem causar problemas até sociais para essas mulheres, acabando com a competência de convivência diária, fazendo-as perder emprego e até a relação familiar. É preciso ouvi-las e esta iniciativa na Bahia é fundamental”, comemora Crispi.

A endometriose é uma disfunção do endométrio, uma camada do útero, sensível às alterações do ciclo menstrual. Em organismos saudáveis, caso não haja fecundação, parte do endométrio é eliminada durante a menstruação. Em mulheres com endometriose, esta parte segue outro fluxo e cai nos ovários ou na cavidade abdominal. Esta patologia causa sintomas como cólicas menstruais intensas e dores pélvicas incapacitantes podendo ter consequências como infertilidade e comprometimento de órgãos como trompas e ovários e em casos mais avançados intestinos, rim, bexiga, entre outros.

Serviço:

O que: Centro de endometriose da Bahia

Onde: Av. Antônio Carlos Magalhães, 771, Edf. Empresarial Torre do Parque, 10º andar, salas 1008/1009, Itaigara.

Telefone: (71) 3353-5391/ (71) 9.8196-3841 (Whats App)

Email: contato@endometrioseba.com.br

#MaisLidas

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

Receba dicas para
cuidar da sua saúde