Marque a sua Consulta

25/01/2019

Ausência de sintomas pode retardar o tratamento de endometriose

Na Medicina, há uma máxima que prega que quanto antes uma doença for identificada, maiores são as chances de sucesso no tratamento. Mas, em se tratando de endometriose, essa não é uma prática comum: são poucos os casos diagnosticados precocemente.

Por outro lado, isso não significa que houve negligência dos médicos. A verdade é que uma série de fatores acarreta a demora na confirmação do quadro clínico. Com isso, um tempo precioso acaba sendo desperdiçado.

No post de hoje, você vai descobrir como a ausência de sintomas pode retardar o tratamento de endometriose. Entenda melhor quais são os obstáculos para a detecção rápida e que consequências isso traz.

Por que é tão raro que a endometriose seja diagnosticada precocemente?

As estatísticas são alarmantes: em média, levam-se sete anos e meio entre a primeira visita que a mulher faz ao médico, relatando algum incômodo, e a confirmação do diagnóstico de endometriose.

Isso acontece por uma conjunção de fatores: o primeiro deles é a demora em procurar um especialista. Muitas pacientes têm medo do que o resultado dos exames pode revelar, por isso, adiam a ida ao médico.

Igualmente importante é o fato de que a endometriose não apresenta sintomas específicos. Quando as manifestações ocorrem, elas podem dar margem a ideia de que estão relacionadas a outras doenças.

E, até o médico descartar definitivamente as outras possibilidades, leva-se um período não muito curto. Há relatos, inclusive, de quem não apresente nenhuma alteração.

Quais as consequências da detecção tardia?

Embora a medicina esteja em constante evolução, e os procedimentos sejam cada vez menos invasivos, é inegável que o diagnóstico tardio pode interferir no sucesso do tratamento.

Mediante essa situação, o corpo clínico é obrigado a adotar medidas mais complexas, uma vez que uma manifestação severa da doença praticamente inviabiliza que sejam utilizados somente medicamentos.

Não é raro que as mulheres só tomem conhecimento do problema após tentativas frustradas de engravidar. O grande risco, nestes casos, é que os órgãos nos quais há a presença de focos da doença já estejam severamente comprometidos.

Para as situações mais críticas, a videolaparoscopia é o procedimento mais indicado. Pode ser necessária, inclusive, a presença de uma equipe multidisciplinar.

Em contrapartida, quando a doença é diagnosticada logo no início ou se apresenta em sua forma mais leve, o tratamento clínico tende a ser eficaz, dispensando a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Quais os sintomas e como é feito o diagnóstico?

Para a detecção da endometriose, a paciente deve se submeter a uma série de exames, estando a ultrassonografia transvaginal entre eles. Quando realizado com essa finalidade, é importante que seja realizado o preparo intestinal na mulher e o radiologista seja submetido a um tratamento específico.

Mas, até chegar a esse ponto, é importante que você procure um especialista tão logo os primeiros sintomas comecem a aparecer. Fique atenta a alguns deles, como dores pélvicas, incômodo durante o ato sexual – falaremos sobre o assunto nas próximas semanas – ou sangramentos ao evacuar e urinar.

Entendeu como a ausência de sintomas específicos pode afetar o tratamento de endometriose? Para proporcionar mais qualidade de vida às mulheres baianas, foi inaugurado, em Salvador, o primeiro Centro de Endometriose do Estado. Até a próxima!

#MaisLidas

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

17/12/2018

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam eget mi tellus. Pellentesque lacinia congue tempus. Aenean eros nulla, lobortis et augue vel, aliquet posuere ligula. Vivamus sit amet ipsum lobortis, pulvinar nulla mollis, semper nisi. Donec iaculis nec sapien consequat.

Receba dicas para
cuidar da sua saúde