Marque a sua Consulta

17/05/2019

Qual a relação entre miomas e endometriose?

Cada vez mais, as mulheres se preocupam com a integridade do sistema ginecológico. Todavia, é comum que surjam dúvidas, mediante a constatação de que várias patologias podem acometer essa região do corpo;

Por essa razão, nós vamos explicar qual a relação entre miomas e endometriose. Antes disso, porém, vamos entender um pouco mais sobre cada um desses quadros clínicos.

O que a endometriose?

As manifestações de endometriose são bastante comuns em mulheres em idade fértil. Os focos da doença se desenvolvem quando reações inflamatórias são provocadas pela liberação de estrogênio, que age sobre os fragmentos de tecido endometrial espalhados por outras partes do corpo.

Trata-se de uma doença crônica, que não apresenta sintomas específicos, o que na prática, contribui para retardar o diagnóstico. Essa demora tende a favorecer o avanço da doença, o que pode trazer complicações para a paciente, dentre as quais estão a dificuldade para engravidar.

O tratamento para endometriose é definido pela equipe médica que acompanha a paciente. Normalmente, o ginecologista atua em conjunto com outros especialistas, levando-se em consideração o estágio e a localização das lesões.

O que são miomas?

Já os miomas, por sua vez, são tumores benignos que surgem na região do útero, como uma consequência da multiplicação desordenada do miométrio, que são células musculares lisas, podendo provocar distorções no formato do órgão.

É válido esclarecer, porém, que não há um comportamento padrão no que diz respeito a evolução dos miomas. Há casos em que não se registra uma alteração significativa de tamanho, mas ele também pode crescer de forma lenta ou rápida. A literatura médica também descreve que eles podem encolher naturalmente.

Entre as possíveis causas que favorecem o aparecimento de miomas estão o histórico familiar da paciente, além de uma elevação nas taxas de progesterona ou estrogênio. Cientificamente, também foi comprovado que mulheres negras tem mais chances de desenvolvê-los, inclusive de maneira precoce.

Mas, afinal, existe ligação entre endometriose e miomas?

Agora que você já conhece um pouco melhor as características desses quadros clínicos, é chegada a hora de responder a pergunta-título deste post: qual a relação entre miomas e endometriose? A verdade é que não existe nenhuma associação direta entre elas.

Em outras palavras, uma mulher pode apresentar miomas e endometriose simultaneamente, mas isso não necessariamente permite afirmar que uma dessas doenças leva ao aparecimento da outra.

Qualquer que seja o diagnóstico, é importante dizer que existem alternativas ao tratamento cirúrgico. Como primeira medida, a equipe médica tende a avaliar os efeitos dos medicamentos, como anti-inflamatórios ou moduladores de dor.  Vale também recorrer a outros tipos de terapias para aliviar a dor.

Caso essa etapa não atinja os resultados esperados, os profissionais podem indicar a operação. Lembre-se, no entanto, que o paciente tem o direito de pedir uma segunda opinião médica antes de se decidir se segue ou não com o tratamento sugerido.

Depois de entender a relação entre miomas e endometriose, entenda como é o procedimento para a realização da miomectomia, indicada para as portadoras de miomas que desejam preservar a fertilidade. Até a próxima!

Receba dicas para
cuidar da sua saúde