Marque a sua Consulta

28/06/2019

4 doenças ginecológicas que podem causar infertilidade

Ser mãe é um projeto de vida para muitas mulheres, mas há situações em que, por mais que sejam feitas tentativas pela via natural, a gravidez não se confirma. Embora, como dissemos em nosso texto anterior, a responsabilidade não seja exclusivamente da mulher, há algumas doenças ginecológicas que podem causar a infertilidade.

A nossa intenção, com este post, não é amedrontar ninguém, mas fornecer orientações que encorajem você a procurar um especialista. Tenha em mente que, quanto mais cedo um eventual problema for diagnosticado, maiores são as chances de reversão do quadro com sucesso.

Entenda agora como alguns desses problemas ginecológicos podem atrapalhar o sonho! Mas não perca a esperança: os especialistas do Centro de Endometriose da Bahia estão prontos para te ajudar!

1.  Endometriose

Quem acompanha o nosso blog, já percebeu que a Endometriose é tema frequente das nossas postagens. E não é para menos. Essa é uma doença que acomete cerca de 15% das mulheres em idade fértil.

Por não apresentar sintomas específicos, é relativamente comum que a endometriose demore a ser diagnosticada. Com isso, os focos tendem a estar em estágio avançado, o que, na prática, leva a um comprometimento das Trompas de Falópio.

Além disso, ocorrem outras mudanças na anatomia da região pélvica e alterações hormonais, que podem prejudicar a gestação. O desejo da maternidade, aliás, é um dos principais fatores para definir o melhor tratamento para endometriose;

2. Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)

As chamadas Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) também podem levar a uma inflamação e obstrução das tubas uterinas, prejudicando o processo de fecundação. Uma das mais perigosas é a clamídia, que provoca uma infecção na região genital, que acaba comprometendo o sistema reprodutor feminino. 

3. Miomas

Entre as doenças ginecológicas que podem causar a infertilidade, também podemos incluir os miomas, muito embora eles só representem um risco efetivo para a gravidez quando se desenvolvem dentro do útero. Em uma situação como essa, os chamados miomas submucosos aumentam as chances de ocorrer um aborto repetitivos.

4. Síndrome do Ovário Policístico

Estima-se que a Síndrome do Ovário Policístico afete a capacidade reprodutiva de 20% das mulheres. Trata-se de uma anomalia crônica que interrompe a liberação de óvulos durante o ciclo menstrual, num fenômeno conhecido como anovulação.

Como não há liberação de óvulos, é impossível ocorrer a fecundação e consequentemente a gravidez, além de alterações anatômicas que prejudicam a implementação do embrião. 

Por que é importante prestar atenção nas doenças ginecológicas que podem causar infertilidade?

É muito importante que as mulheres se submetam a uma consulta com especialistas de sua confiança. Isso porque a maioria das doenças ginecológicas que podem causar infertilidade são silenciosas, ou seja, não apresentam sintomas. Em outras palavras, as pacientes só se dão conta de que há alguma coisa errada depois de tentativas frustradas para engravidar.

Lembre-se ainda de conscientizar seu parceiro acerca da importância de ele também se submeter a exames, já que a origem do problema também pode estar no organismo do homem.

Quer saber mais sobre as doenças ginecológicas que podem causar infertilidade? Agende a sua consulta agora mesmo com a equipe do Centro de Endometriose da Bahia e tenha todo o apoio que você precisa!

Receba dicas para
cuidar da sua saúde