Marque a sua Consulta

17/08/2020

Sintomas da endometriose

Como saber que estou com endometriose? Essa é uma dúvida frequente entre as mulheres. A endometriose, que se caracteriza pela presença do tecido endometrial (tecido que reveste a cavidade uterina) fora do útero, pode se apresentar de diversas formas. E é sobre esses sintomas que iremos abordar aqui neste texto.

O principal sintoma que deve chamar atenção da mulher sobre a possibilidade de tratar-se de um quadro de endometriose é a cólica menstrual intensa que prejudica a qualidade de vida. Também conhecida como dismenorréia, a cólica menstrual de forte intensidade nos dias que antecedem, durante ou até, imediatamente, após o período menstrual. 

Contudo, a dor pélvica severa, tipo cólica no período perimenstrual, que não cede com uso de analgésicos comuns, tendo como consequências falta a escola e/ou trabalho e necessidade de idas a serviços de emergência para fazer uso de medicamentos na veia, é sim, o principal sintoma da doença. 

Em alguns casos, a doença pode se manifestar com dor pélvica fora do período menstrual que piora durante a menstruação e, dessa forma, a portadora da doença cursa com dor ininterrupta que é agravada no período próximo ao sangramento menstrual. 

Quando a endometriose acomete o reservatório de urina - bexiga - ela costuma se apresentar com sintomas sugestivos de infecções urinárias repetitivas, próximas ao período menstrual, e quando são realizados o os exames de urina, a suposta infecção não é detectada. Dor durante o ato de urinar - disúria - durante o período menstrual, também é sintoma frequente da doença com acometimento do sistema urinário. Nos casos em que a invasão da bexiga é mais profunda, pode ocorrer a presença de sangue na urina - hematúria - mais frequente no período próximo ao fluxo menstrual. 

Aquelas mulheres que têm a parte final do intestino - reto e /ou sigmóide - acometida pela doença, habitualmente, apresentam quadro de dor ao defecar - disquezia - muitas vezes intercalado com episódios de diarréia e dificuldade para defecar (obstipação). Lembrando que os sintomas da endometriose se manifestam, com maior frequência, no período próximo à época do sangramento menstrual.

Os sintomas dessa doença podem, ainda, causar distúrbios de relacionamento entre o casal, na medida que pode ser causa de dispareunia - dor na relação sexual - habitualmente durante a penetração profunda da genitália masculina no canal vaginal. Esse tipo de sintoma pode fazer com que a portadora da doença tenha medo e restrições para realizar atividade sexual e se torna fator importante de distúrbios no relacionamento conjugal.

Não são poucas as vezes que a endometriose se apresenta sem sintomas relacionados a dor, porém quando a mulher inicia as tentativas de realizar o sonho da maternidade, ela se depara com dificuldades e não consegue engravidar. Nesse momento, o casal infértil busca auxílio médico e durante investigação das possíveis causas de infertilidade é diagnosticado quadro de endometriose nos seus mais diversos graus.

Dessa forma, a endometriose é conhecida como a doença dos “D”s pois pode apresentar os seguintes sintomas:
- Dismenorréia: cólica menstrual
- Dor pélvica crônica: dor pélvica fora do período menstrual
- Disúria: Dor para urinar no período menstrual
- Disquezia: Dor para defecar no período menstrual
- Dispareunia: Dor na relação sexual
- Dificuldade de engravidar

Conhece alguém com algum desses sintomas? Se sim, compartilhe essas informações e oriente a busca por ajuda. Para saber mais deste e de outros assuntos ginecológicos me siga nas redes sociais: Instagram (@marcostravessa), Facebook e Youtube.

Receba dicas para
cuidar da sua saúde